Soneto em duas rodas

Santo Pedro manda pra todos um recado
que só consegue ouvir quem está molhado.
É pra se ter de ouvido:
“Você tá vivo, menino!”

Chame a chuva pra chinfra; vem a chuva,
e o cheiro de chuva em chamas chamusca.
Chove em Quixotes
uma chuva-chicote.

Montados em suas magrelas
(que tratam como donzelas)
encontram-se seres humanos.

Cicloquixotes que chovem sozinhos
enfrentam gigantes-moinhos
voando ligeiro, anjos urbanos.

Soneto que o Felipe fez sobre andar de bicicleta na chuva, lindo demais!

“Você fez um desenho pro meu soneto e eu fiz um soneto pro seu desenho. Pedalar na chuva é isso mesmo.”

Valeu aí parcero!

Anúncios