Ontem, empurrando minha bicicleta pela Paulista junto com meus amigos, senti saudades de uma pessoa que eu nem conheci. Voltei pra casa debaixo de uma chuva forte, intensa, que mais uma vez me preencheu com uma imensa sensação de liberdade. Descanse em paz Márcia.