Minha mãe sempre dizia: “Criança em casa em dia de chuva… Tem que arrumar alguma coisa pra fazer, senão…” Enquanto ela nos fazia uns bolinhos de chuva, eu e minha irmã sempre inventávamos alguma brincadeira, tempo bom aquele, qualquer coisa virava brinquedo, me lembro bem de fazermos pipoca pedalando nosso velotrol de ponta cabeça, prender um lençol entre as camas e brincar de cabana, fazer do velho rádio uma nave espacial, tanta coisa. Um pouquinho daquele sentimento ainda guardo comigo e tento passar pra minhas meninas.