O Klaus Volkmann que participa da Massa Crítica de Porto Alegre postou um comentário sobre as placas que fiz com os vinis, e através do link que ele deixou acabo de conhecer seu trabalho: Uma bicicleta de bambu! Fiquei de cara com o projeto dele: bicicletas, o legítimo faça você mesmo e sustentabilidade na veia. Estou lendo todos os posts de seu projeto, e a cada linha fico mais impressionado e feliz também! Abaixo um pouco do que o inspirou a começar seu projeto:

“A grande vantagem do bamboo e o que me atraiu a começar a trabalhar com ele é que além das fantásticas qualidades mecânicas ele é uma matéria prima formidável em relação ao meio ambiente. Cresce mais rápido que qualquer outra planta sendo que durante o crescimento absorve muito gás carbônico do ar e isso tudo consumindo muito pouca água. Meu objetivo além de construir bicicleta de alta performance é divulgar o bamboo como matéria prima pois se pode usar ele para construir uma infinidade de coisas com um impacto ambiental baixíssimo e talvez até positivo o que é raríssimo. Simplesmente substituindo os eucalíptos pelo bamboo teríamos muito mais rendimento para o mesmo espaço, sem secar os lençóis freáticos e inclusive sem a necessidade de replantar pois colhendo o bamboo de uma maneira inteligente logo surgem novos brotos que logo estão com muitos metros de altura…”

Anúncios