Segunda-feira, 6:00 da manhã, acordo, olho na janela e uma chuva que pingou durante toda a noite insiste em desaguar. Dia perfeito pra pedalar!

Tinha combinado uma semana antes de fazer essa viagem, pegar a Estrada dos Romeiros e ir até Itu, alguns amigos já tinham feito e me disseram que valia muito a pena, ter o Rio te acompanhando durante todo o trajeto não tem preço. Saí cedinho e logo cheguei na casa de meu companheiro de viagem, o David. Duas desistências forçadas e uma por conta da chuva fizeram com que só nós dois fôssemos. Saímos debaixo de muita chuva, e até chegarmos em Osasco ainda enfrentamos um trânsito chato, mas a partir daí, depois de passar pela estação Carapicuíba, só alegria. A chuva continuou forte – e nos acompanhou até Cabreúva! -, mas pedalar pela estrada dos Romeiros realmente foi muito bom, não tivémos nenhum problema com motoristas, a imensa maioria se manteve bem distante da gente durante as ultrapassagens. Pedalamos num ritmo tranquilo, passamos direto por Barueri, Santana do Parnaíba, e ao chegarmos em Pirapora do Bom Jesus fizémos uma parada e devoramos uns docinhos caseiros que são vendidos perto da igreja. Seguimos até Cabreúva – trecho mais pesado, cheio de sobe e desce – e de lá pedalamos ainda debaixo de chuva até Itu. Antes de chegar no centro paramos em um camping para fazer aquele rango, vale até o merchan (http://villagecampingdoalemao.com.br/) porque fomos super bem atendidos, a comida estava muito boa e num preço camarada. Chegamos na rodoviária de Itu por volta das 16:00, compramos as passagens e embarcamos as bicicletas sem nenhum problema. O ônibus veio super rápido, então ainda pedalamos de volta pra casa. Ao passar pelo centro ainda trombei um camarada e conversamos um pouco, coisas que só a bicicleta nos permite vivenciar.

Ponto alto da viagem, o trecho entre Pirapora do Bom Jesus e Itu foi recheado de subidas e descidas – muita concentração e introspecção – , poucos carros e conseguimos nos aproximar mais do Rio, foi onde tirei esta foto da Hidroelétrica São Pedro.