Cheguei. Depois de um mês e meio vivendo no coração da Amazônia, estou de volta pra casa. A viagem foi muito melhor do que poderíamos imaginar, convivemos com pessoas maravilhosas que sempre nos trataram muito bem, fomos literalmente acolhidos pelo povo da floresta. Temos muitas histórias pra contar e temos certeza de que eles também terão depois que nossas vidas se cruzaram. O projeto continua e agora precisamos organizar todas as informações que colhemos, fiz o possível para colocar nos meus desenhos um pouco do que foram os dias por lá. A Amazônia realmente está desprovida do Estado, e pudemos sentir isto na pele algumas vezes. Os recursos que parecem abundantes estão sendo dragados bem diante dos olhos de quem vive e precisa dela. O debate sobre aquele pedaço do nosso país é urgente e precisa de todo apoio possível.

Seguimos com o financiamento coletivo no Catarse e contamos com o apoio de todos que se identificam com a proposta do projeto: Pedalar, vivenciar, compartilhar e exigir o que é nosso de direito. Agradeço demais aos que já contribuíram!

Abaixo tem um pouco dos cadernos com os desenhos e vivências que trouxe de lá.