You are currently browsing the tag archive for the ‘transporte público’ tag.

Sem comentários!
Das melhores mesmo, pena que fiquei mal e acabei indo pra casa no meio.

Faz algum tempo que venho constatando um fato. De dez “fininhas” que levo, pelo menos 8 são de taxistas. Já tentei “analisar” dividindo entre motoristas mais velhos e mais novos, e dá na mesma, não importa muito a faixa etária. Me lembro que há uns 3 anos atrás, os motoristas de ônibus eram os mais mal educados, verdadeiros “monstroristas”. De um tempo pra cá, realmente os trabalhos de conscientização feitos nas garagens parecem ter surtido efeito, raramente tomo fechada de ônibus, e percebo muitas vezes uma certa curiosidade dos motoristas quando paro ao lado deles. Enfim, realmente é complicado taxar uma categoria inteira pelo comportamento de alguns, por isso, só o que estou colocando aqui é algo que percebo quando estou trafegando por aí.

O trânsito de São Paulo continua longe de ser amigo do ciclista, no entanto, eu tenho certeza que a presença cada vez maior de bicicletas nas vias, forçará os motoristas a educarem-se para evitar conflitos.

Vamo que vamo.

Em novembro, a Ciclocidade – Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo comemora seu primeiro aniversário. A festa acontece no próximo sábado (27/11), das 12h às 22h, com oficina comunitária de bicicletas, palestras, vídeos, informação, música e confraternização.

Ao longo do dia, exposição “Ano 1”, bar, comidinhas, loja e uma feira de troca de peças e acessórios de bicicleta (traga, troque, doe ou negocie).

Às 12h, a oficina comunitária Mão na Roda abre suas portas para regulagens e ajustes. Leve a sua magrela, troque conhecimentos, utilize as ferramentas e faça você mesmo a manutenção do seu veículo.

A partir das 13h, reciclagem de camisetas com estamparia ao vivo na segunda edição do projeto ArteMobilidade. Transforme aquela camiseta sem graça em uma linda peça a favor da mobilidade humana (doe 3 camisetas em bom estado e ganhe um silk de graça).

Durante a tarde, duas oficinas temáticas: às 14h, Felippe César fala sobre a “Mecânica básica de bicicletas”: regulagens e ajustes elementares para a autonomia do ciclista urbano.

Às 17h é a vez de Cleber Ricci Anderson e a oficina “Ciclo-ajuste postural (bike fit)”, uma coletânea de técnicas e conhecimentos em regulagens e tamanhos que permitem a boa interação entre ciclista e bicicleta.

Às 19h, o Ciclocine exibe o média-metragem “We Are Traffic” (Ted White, EUA, 1999), uma crônica sobre as origens do “Critical Mass” em São Francisco, movimento que transformou a cidade californiana em favor das bicicletas e inspirou ativistas do mundo inteiro (exibição com legendas em português). Na sequência, o documentário “Massa Crítica” (Helena Krausz, Brasil, 2010) fala da realidade paulistana quase 20 anos depois.

Para encerrar a programação, música, vídeos e diversão no subsolo do Espaço Contraponto.

Participe desta festa. Venha conhecer e fazer parte da Ciclocidade.

sábado (27/11), das 12h às 22h

Espaço Contraponto: r. Medeiros de Albuquerque, 55 (Vila Madalena)

_ entrada gratuita / contribuição sugerida: R$ 5,00
_ traga sua caneca, copo ou caramanhola (não utilizaremos copos plásticos)

Fiz estes designs para ilustrar algumas xícaras que serão vendidas na lojinha que terá na festa. Nos vemos por lá!

Arte: Laura Sobenes

Bicicleta Lá Fora: conversa, música e diversão

No próximo sábado (14/08), das 16h às 22h, a Ciclocidade promove uma pequena festa com o tema “Bicicleta Lá Fora”, aproveitando a recente participação de dois diretores da Ciclocidade em congressos na Europa.

Às 17h realizaremos uma conversa sobre a realidade cicloviária em outras partes do Brasil e do mundo, acompanhada de exibição de fotos e vídeos.

Na sequência, música e diversão no Espaço Contraponto, que fica na rua Medeiros de Albuquerque, 55 – Vila Madalena. A contribuição sugerida é de R$ 5,00.

Muito obrigado ao poder público e especialmente ao governador do nosso Estado que nessa feliz parceria com a prefeitura de Sâo Paulo tem empenhado todo esforço e dedicação para proporcionar ao ciclista paulistano mais segurança e rapidez em seus deslocamentos diários. Prova de que este governo não pára, são pinturas de ciclofaixas, criação de ciclovias de lazer, e um trabalho incessante de conscientização dos motoristas. Se assim continuar (que assim seja), nossa cidade em alguns anos estará entre as melhores cidades do mundo para se usar a bicicleta como modal.

Poster Bicicleta 11

Fiz mais essa arte, que junto com as outras, talvez um dia eu consiga transformar em poster.

Replicando o post do Flávio Vieira no Energia Eficiente de hoje: 6 políticas públicas essenciais

“Pode não parecer, mas é possível viver uma vida ecologicamente correta vivendo nas grandes cidades. Tudo isso depende da vontade da população e de políticas públicas sólidas e bem pensadas. Um post recente do blog TreeHugger mostra bem isso. Foram listadas 6 ações que deveriam ser praticadas em todas as grandes cidades do mundo. Mesmo que isso não salvasse o mundo, com certeza melhoraria consideravelmente a nossa qualidade de vida.”

Vamo que vamo!

O autor

Valdinei Calvento - ilustrador.

Gente boa, tranquilão, bom pai, anda de bicicleta (e acredita nela), curte desenhar, plantar umas sementinhas, acredita em algumas pessoas, luta por elas, e sempre que possível, corre de São Paulo.

Bicicleta Girassol é o meu portifólio.

Creative Commons

Gostou dos desenhos e textos? Odiou? Não tem problema, se estiver afim, pode usar, fica à vontade. Tudo o que está aqui é seu também. Se quiser, é claro.

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 77 outros seguidores