You are currently browsing the tag archive for the ‘arte’ tag.

No mês passado recebemos aqui em casa uma jornalista da revista Crescer, a Cris, muito gente boa ela. As conversas foram sobre a hortinha que mantenho na varanda e como ela serve de pretexto na educação de minha filha.

Mesmo com um espaço muito pequeno é possível cultivarmos algumas plantinhas como manjericão, salsinha, cebolinha, hortelã e orégano, além de muitas outras. Estão sempre a mão e é muito bom poder contar com elas para temperar a comida. Acho importante mantermos esse contato, afinal de contas quem é que não se sente bem com a possibilidade de colher sua própria horta, de sentir o cheirinho da terra molhada?

Sem contar que é um ótimo pretexto pra ficar com a minha filha, ela se sente bem responsável pelas plantinhas, entende que as coisas levam tempo e precisam de cuidado, além de ficar “enfeitando” a jardineira com pedrinhas e folhas secas. Talvez seja um contraponto a velocidade das propagandas e apelos consumistas, vamos entender melhor com o passar dos anos…

Brinquedinho de associação de fiz com uns toquinhos de madeira que encontrei em alguma caçamba por aí.

A galera do Booooooom criou um projeto muuuuito legal. Consistiu basicamente em fazer um lindo barquinho com materiais naturais, lançá-lo na água e tirar uma foto. Coisa de criança mesmo! Demais! Eu vacilei e não consegui fazer o meu :(

Hoje eles postaram todas as fotos enviadas, lindão o resultado. Um jeito simples e divertido de nos conectarmos de novo com a mamãe natureba, diz aí!

Update!

O Tom acabou de mostrar um vídeo que ele fez em Zanzibar. Dá só uma olhada que lindo! Preciso brincar disso com a minha filha!

Os Monjon são dois amigos que considero como irmãos, nos conhecemos através de nossos desenhos e compartilhamos uma visão muito parecida de mundo. Eles tem um trabalho detalhadíssimo de pintura na rua e há um tempão tiveram uma idéia que agora colocaram em prática: O projeto Xepa na Mesa, que consiste em leiloar seus trabalhos para que o valor seja revertido integralmente para uma instituição que cuida de crianças especiais. Seguem os detalhes do projeto e a imagem da gravura que será leiloada. O cara tá de bike!

Irmãos Monjon

Projeto Xepa na mesa.

O projeto Xepa na Mesa, é uma iniciativa particular, que através de um leilão virtual, objetiva arrecadar recursos que serão revertidos em cestas básicas e direcionado a uma entidade social.
O leilão será de uma gravura enquadrada (60cm x 50cm), técnica mista, nanquim, látex e spray, feita pelos Irmãos Monjon .

– A gravura ficará exposta na loja Grapixo, durante o período do leilão, de 01/10/2009 a 31/10/2009. Os interessados devem postar no blog seu lance e confirmá-lo via email – xepanamesa@hotmail.com – O lance deverá ser em números de cestas básicas. O valor de cada cesta básica, firmado com a empresa MD – Distribuidora de Alimentos é de R$ 30,00. Transcorrido o prazo, o internauta que der o maior lance será notificado e orientado por email .

– A entidade Social a ser beneficiada, é o Lar da Redenção, que oferece moradia e tratamento adequado a crianças portadoras de deficiência física mental e múltipla, irreversíveis, oriundas de famílias sem recursos.

– O Xepa na Mesa, é uma iniciativa séria, para manter a integridade e objetivos do projeto, só dêem lances no caso de haver real interesse pela causa, para que possamos cumprir as metas determinadas.

ali weiwei bicycle

Trabalho do agitador cultural chinês Ai Weiwei, “Forever” (2003). 42 bicicletas presas umas as outras. Lindo demais, diz aí.

Agora sim. Poesia urbana, né? Acertaram em cheio. Vi lá no Wooster. Dos argentinos do Run Don´t Walk.

O autor

Valdinei Calvento - ilustrador.

Gente boa, tranquilão, bom pai, anda de bicicleta (e acredita nela), curte desenhar, plantar umas sementinhas, acredita em algumas pessoas, luta por elas, e sempre que possível, corre de São Paulo.

Bicicleta Girassol é o meu portifólio.

Creative Commons

Gostou dos desenhos e textos? Odiou? Não tem problema, se estiver afim, pode usar, fica à vontade. Tudo o que está aqui é seu também. Se quiser, é claro.

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 77 outros seguidores